O que é assessoria de imprensa?
Entenda como funciona e saiba quais
os benefícios para sua empresa.
 
   
 
O que dizem os clientes
Veja depoimentos de alguns clientes.
 
   
 
Sobre Airton Gontow
Clique aqui para saber mais!
Gontof Comunicação - Telefones:
(11) 4508-4554
(11) 99109-0688
 
| | |        
 

Releases


Religião e Arte
Exposição mostra em detalhes o Templo Sagrado de Jerusalém
 
A exposição, que fica na Casa da Fazenda do Morumbi de 3 a 20 de dezembro, leva o visitante a sentir-se como se estivesse no próprio Templo de Jerusalém. Há muitos detalhes, como as maquetes do 2º Templo (escala 1/100), do Tabernáculo (elaborada pelo The Temple Institute, de Jerusalém) e do que seria o 3º. Templo (composta de 637 peças e montada baseada na profecia de Yechezkel ou Ezequiel), réplicas das mobílias e roupas utilizadas, bonecos que falam, gravuras cedidas pelo “The Temple Institute” e o incenso, composto de 11 especiarias, que era utilizado no Templo e que será queimado sobre um altar de cobre durante a exposição. Outro destaque da exposição será o acesso on-line ao Muro das Lamentações para que pessoas de qualquer religião possam fazer seus pedidos. A entrada é franca. O coquetel de abertura acontece no dia 2 de dezembro, das 19h30 às 21h30.
 

Uma inédita e instigante exposição mostra de 3 a 20 de dezembro, na Casa da Fazenda do Morumbi, o “Templo Sagrado – um legado para a História da Humanidade”, que deve atrair grande público ao local, especialmente nesta época do ano em que o mundo cristão festeja o Natal e os judeus o Chanucá. Organizada pelo Beit Chabad Brooklin, a exposição mostra a história do Beit Hamidrash (o Templo Sagrado), com seus mistérios e curiosidades. O coquetel de abertura será no dia 2, das 19h30 às 21h30. A coordenação cultural da exposição é do rabino Yacov Gerenstadt, a coordenação artística de Ricardo Dachtelberg e a produção e coordenação geral de Fany Rubin. Segundo o rabino, a exposição mescla tradição e contemporaneidade. “Há muitas coisas que mesmo que tenham existido por um tempo determinado continuam vivas na memória e na cultura da Humanidade”, afirma.

Há muitos destaques, como as maquetes do 2º Templo (escala 1/100), do Tabernáculo (maquete elaborada pelo The Temple Institute, de Jerusalém) e do que seria o 3º. Templo (maquete enviada pelo instituto de pesquisas Hareinu Beviniano, também de Israel, composta de 637 peças e montada baseada na profecia de Yechezkel ou Ezequiel), réplicas das mobílias e roupas utilizadas, bonecos que falam, gravuras cedidas pelo “The Temple Institute”, especiarias e incensos. A exposição traz também personagens bíblicos como Moisés e os reis David e Salomão, além 15 fotos digitais, de 2mX2m, que retratam como era a vida no Templo e de peças reproduzidas no tamanho original, como a arca sagrada. “Queremos que, ao olhar a exposição, a pessoa sinta que está nos arredores do Templo, feliz e em paz”, diz Fany Rubin. “Trouxemos de Israel o incenso utilizado no Templo, que era composto de 11 especiarias. Este incenso será queimado durante a exposição sobre o altar de cobre. Assim todos poderão conhecer o aroma singular que tinha”, revela o rabino Yacov Gerenstadt

Distribuída em 14 espaços na Casa da Fazenda do Morumbi, a exposição vai aguçar vários sentidos dos visitantes: visão, audição, olfato e tato. Em alguns destes espaços, manequins personificados, com vestimentas e vozes, vão representar personagens e povos da época.

De acordo com Fany Rubin os espaços são os seguintes: Espaço 1 – Bem-vindos ao Templo; Espaço 2 – Moisés; Espaço 3 – David e sua Harpa; Espaço 4 – Cohen – Sacerdotes do Tempo; 5 – Espaço 5 – Histórias do Beit Hamidrash – 1º. Tempo; Espaço 6 – Povos da Antiguidade;. Espaço 7 – Sonhos do rei David; Espaço 8 – Salomão e a inauguração do 1º. Templo; Espaço 9 – Cohen Gadol – o Sumo Sacerdote; Espaço 10 – O Santuário; Espaço 11 – Mesa de Shabat; Espaço 12 – O Muro das Lamentações; Espaço 13 – Reflexão e Espaço 14 – Hora do Recreio.

Destacamos a seguir no release alguns dos espaços, para demonstrar a riqueza de detalhes da exposição.

Espaço 5 – Histórias do Beit Hamidrash - Neste local estarão exibidas as seis fases do Templo: Tabernáculo – uma construção com ouro, prata e bronze, no meio do deserto; Construção do 1º. Templo: como a mão-de-obra, que envolveu cerca de 180 mil pessoas, estava estruturada, além de outros detalhes que envolveram os sete anos de trabalho; Destruição do 1º. Templo; Construção do 2º. Templo; Destruição do 2º. Templo e Diáspora.

Espaço 10 – Santuário - Vão ser mostrados o Altar de Sacrifícios, as Oferendas, o Candelabro de Velas (Menorá de Ouro), a Mesa de Pães, o Altar Incenso, o Incenso utilizado no Altar, as Especiarias utilizadas no incenso, Pia de Bronze, Arca Sagrada (com detalhes sobre cada um dos objetos guardados na arca), Querubins e Outros Utensílios.

Espaço 11 – Mesa de Shabat (Shabat é o sétimo dia da criação quando, segundo o texto bíblico, Deus descansou) - Os visitantes poderão conhecer os costumes judaicos na noite de Shabat, que se mantém nas noites de sexta-feira, onde cada moradia é transformada em um santuário. “Os pães e as velas ardentes evocam o Beit Hamidrash Sagrado”, explica o rabino Yacov Gerenstadt.

Espaço 12 – Cotel (o Muro das Lamentações) – Haverá um acesso on-line ao Muro das Lamentações para que pessoas de qualquer religião possam fazer seus pedidos (é costume em Israel, as pessoas escreverem bilhetes com pedidos para Deus, que são colocados em frestas do Muro das Lamentações).

Espaço 13 – Reflexão – Este espaço convidará os visitantes a três reflexões básicas: a) Por que os dois templos foram destruídos?; b) O fato de o terceiro Beit Hamidrash de Jerusalém: ainda não ter sido construído mostra que algo que levou à queda dos dois primeiro templos ainda persiste no mundo moderno?; c) Os Sete mandamentos de Noé: Reflexão sobre o código de sete leis existentes desde o período de Noé. Segundo o rabino Gerenstadt, “As Sete Leis são uma herança sagrada para toda a humanidade e para cada um, em particular, sobre como conduzir sua vida, sob o ponto de vista espiritual, moral e pragmático”. Ele diz ainda que as leis são atemporais, não restritas a locais geográficos e “que jamais podem ser alteradas ou modificadas”.

A exposição conta com o apoio do Ministério da Cultural, através da Lei Rouanet; do Banco Daycoval, da Leo – Madeiras; da CSN e da SP Equipamentos. Os organizadores dizem que pretendem levar em 2010 a exposição para outras capitais do País, começando pelo Rio de Janeiro e Recife.

Pode ser vista de terça a sexta-feira e aos domingos, das 10h30 às 17h. A entrada é franca. Para visitas monitoradas, especialmente para grupos de turistas e para escolas, o telefone para informações é 11-5042-1023 e 9222-5967.


Exposição – “O Templo Sagrado – Um Legado para a História da Humanidade”
www.otemplo.com.br – de 3 a 20 de dezembro na Casa da Fazenda do Morumbi – Avenida Morumbi, 5594 –. Tel: 11-3742-2810. De terça a sexta-feira, e aos domingos, das 10h30 às 17h; Estacionamento: R$ 12,00. Entrada para deficientes: sim; Banheiro para deficientes: sim.
*Para visitas monitoradas, especialmente para grupos de turistas e para escolas, o telefone para informações é 11-5042-1023 e 9222-5967.

 

Gontof Comunicação

Jornalista responsável: Airton Gontow (MTB: 18.574)
Telefones: (11) 2158-0163, 2158-0173, 2158-0183, 9109-0688 e 9494-4193
e-mail: redacao@gontof.com.brsite: www.gontof.com.br

Nossos Clientes
Restaurantes: Consulado Mineiro, Brooklyn, Família Mineira e Todai Garden: Bares, Cafés e Bistrôs: Avenida Club; Buffet: CasaBlanca Buffet e Eventos; Dança: Tango B’Aires; Educação: Museu de Arte Jovem; Cultura: Pró Cultura Marketing Cultural e Eventos; Studio Kobra/Eduardo Kobra, José Luiz Goldfarb e D.A. Produções Artísticas e revista lounge*; Eventos: Acorde para o Meio Ambiente; Projeto: Acorda Brasil; Empresa: Limter – Ceiling Pro International.

 

 

 

 

 

 

 


 

Todos os direitos reservados ®    |    w w w . g o n t o f . c o m . b r    |    By Redbit